GIG ao Vivo na FIDAE

No mês de Abril o GIG ao Vivo esteve na capital chilena para fazer a cobertura da maior feira de aviação da América Latina. A FIDAE é uma feira bienal que ocorre no aeroporto internacional de Santiago em Pudahuel que conta com as mais novas tecnologias disponíveis no mercado comercial e militar.

Dentre as principais atrações comerciais, a Boeing se destacou ao apresentar, pela primeira vez na feira, o Boeing 737-8 Max que se fez presente nas cores da AerolÍneas Argentinas, empresa estatal portenha. A aeronave exposta na feira é configurada com 170 assentos divididos em 8 assentos no Club Economy 162 na classe Econômica.

A Airbus, por outro lado, expôs o Airbus A350-900XWB. O A350 é a primeira aeronave fabricada pela Airbus com fuselagem e asas feitas principalmente com fibra de carbono e polímero e tem como capacidade de passageiros variada de 280 a 366 passageiros. O A350 foi desenvolvido para substituir os Airbus A340, quadrimotores que pararam de ser produzidos em 2011, e competir com o Boeing 777 e 777X. Além disso, foram expostos o Airbus A320NEO, Airbus C295 e lançamentos da subsidiária Airbus Helicopters.

Além disso, se destacaram a Cessna e Dassault com seus lançamentos, a Honda com o Honda Jet e a fabricante de helicópteros americana Bell.

As exposições militares também impressionaram os visitantes, que contaram com a participação de diversas forças militares.

A Força Aérea Chilena, anfitriã do evento, contou com seus Boeing 767-300ER, Lockheed C-130 Hércules, Embraer A-29 Super Tucano, Lockheed Martin F-16 Fighting Falcon e Northrop F-5E Tiger III. O Esquadrão de Acrobacias Aéreas da FACh, chamados de Halcones, também estiveram presentes com seus Extra 300L realizando acrobacias em conjunto com a Esquadrilha da Fumaça.


A USAF - Força Aérea Americana - contou com a exposição de seus caças Lockheed Martin F-22 Raptor e F-35; o aviões-tanque McDonnell Douglas KC10 Extender, Boeing KC-135 Stratotanker e o avião de transporte de tropas Boeing C-17 Globemaster III.

Porém quem roubou a cena foi o B-52H Stratofortress, é um bombardeiro estratégico sub-sónico de longo raio de ação, propulsionado por oito motores a jato. Originalmente concebido como substituto do Convair B-36 Peacemaker na função de bombardeamento nuclear e convencional de grande altitude, o bombardeiro nuclear foi desenvolvido na década de 50 como modo americano de pressionar a Rússia durante a Guerra Fria.