Aniversário de Santos Dumont será celebrado com festa no Museu Aeroespacial

O Museu Aeroespacial (MUSAL) irá promover nos dias 21 e 22 de julho uma grande festa em comemoração aos 145 anos do Patrono da Aeronáutica Brasileira, Alberto Santos Dumont. O evento irá oferecer uma programação de shows aéreos e atrações musicais, além de uma infraestrutura de alimentação e entretenimento.

Relembrando os principais inventos do Pai da Aviação, uma das grandes atrações da festa será o voo das réplicas do 14-Bis e do Demoiselle que será feito pelo piloto e projetista Alan Calassa. Além disso, o Campo dos Afonsos também receberá os balões cativos, shows aéreos da Esquadrilha CEU e demonstrações operacionais da Força Aérea Brasileira. Entre as atrações musicais estarão o grupo Revelação, Fabinho Carioca, banda KENZZY, Johny e Érika, Patrulha Canina e Palhaço Topetão.

Os visitantes também contarão com ações sociais em parcerias com instituições de ensino, que irão disponibilizar serviços como aferição de pressão e glicemia, balcão de empregos, bolsas de estudos e cursos gratuitos.

O evento não contará com estacionamento, por isso a organização aconselha que os visitantes utilizem o transporte público. Para o chefe da Comunicação Social do MUSAL, Ivan Soares, o evento é uma grande oportunidade de diversão para toda família e também para conhecer mais sobre aviação.

"Celebrar o aniversário do Pai da Aviação, Santos Dumont, é uma grande honra. Esperamos receber toda a família carioca para se encantar com aviação e a história do nosso grande inventor. ", convida.

O evento irá contar com voos das replicas do 14bis e do Demoiselle, Balonismo, Paraquedismo, Visitas as Aeronaves, Exibição de Filmes, Oficinas e Shows Infantis, Shows Musicais, Food Trucks, Helicópteros, Acrobacia Aérea, Aeromodelismo e muito mais.

Pai da Aviação

Alberto Santos-Dumont, inventor brasileiro, nascido na Fazenda Cabangu, Palmira, atual Santos Dumont (MG), em 20 de julho de 1873, tendo falecido no Guarujá, Santos (SP), em 23 de julho de 1932. O mineiro dedicou a sua vida à aviação, tendo sido o primeiro aeronauta a alcançar, definitivamente, a dirigibilidade dos balões e a voar num aparelho mais-pesado-que-o-ar com propulsão própria, o 14-Bis. De 1989 a 1909, planejou, construiu e experimentou mais de duas dezenas de invenções entre balões livres, dirigíveis e aviões.

Seu voo histórico aconteceu em 23 de outubro de 1906, quando o 14-Bis desprendeu-se do solo por meios próprios e percorreu uma distância de quase 70 metros a uma altura entre 2 e 3 metros.